fbpx

Giro #7: O Terno toca BBNG, a Sankofa de Amaro Freitas, o EP novo do Zudizilla e mais

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

No sétimo episódio do #Giro, a gente começa falando da banda O Terno tocando Badbadnotgood. A banda paulista foi convidada pelo quarteto instrumental canadense para recriar uma versão do novo single deles, “signal from the noise”, sem ter ouvido a versão original. O resultado é bem legal e você pode ouvir no Instagram d’O Terno.

No #LançouABraba, a gente fala sobre o novo disco do Amaro Freitas, Sankofa. Lançado pela Natura Musical, o trabalho mistura jazz cosmopolita com gêneros brasileiros como baião, ciranda e maracatu e reverencia heróis pioneiros pelos direitos do povo negro, como Tereza de Benguela e Mahommah Gardo Baquaqua. O disco está disponível nas principais plataformas de streaming.

O #LançouABraba agora também tem uma playlist, reunindo todas as indicações que a gente dá aqui no Giro, desde a primeira edição 😉

Ouça no seu player favorito:

Spotify | Deezer | YouTube Music

No #ContaMais, antecipamos o novo EP do rapper Zudizilla, Manhã, Tarde e Noite, que vai ser lançado no dia 22 de julho. Serão três faixas: “Sintonize”, que o rapper já tinha lançado no seu disco anterior e vai ganhar clipe agora; e as duas inéditas “Típico” e “N. Word”, e cada uma das músicas representa uma parte do EP – a manhã, a tarde e a noite.  Os clipes serão divulgados o canal de YouTube do Zudizilla , a partir do dia 20, mas a gente divulga um trechinho do clipe de “Típico”, que tem participação da Luedji e do filho deles, pra gente morrer de fofura, em primeira mão aqui no Giro.

A gente também indica a 14ª edição do Festival Latinidades. Pelo segundo ano consecutivo em formato 100% online, o festival traz, em 2021, a “ascensão negra” como temática e shows de Urias, Ebony, Tasha e Tracie e Monna Brutal, entre outres.

Além das atrações musicais, a programação desse ano conta com talks, recitais e oficinas que abranjam literatura, gastronomia e cultura afrolatina, com convidadas de 10 países e todas as regiões brasileiras. O festival acontece entre os dias 22 e 25 de julho no canal do YouTube do Instituto Afrolatinas.

Fechando as nossas dicas dessa edição, a gente recomenda o primeiro episódio da volta do Seguindo a Canção, o nosso programa em parceria com a Faculdade Descomplica. Pro nosso programa de reestreia, a gente convidou Tati Quebra-Barraco, que acabou de lançar sua fase roqueira à la Olivia Rodrigo, junto com Black Alien, Aisha Mbikila e a professora do Descomplica Débora Andrade para conversarem funk, rap,  sonho, educação e racismo. E ainda rola um pocket-show do Black Alien. O episódio está disponível no nosso canal no YouTube.

Dá play aí em cima e escreva pra gente o que você achou em contato@casanaturamusical.com.br

Inscreva-se no nosso canal do YouTube

Criação: Beatriz Moura, Lucas Hirai e Zeca Bral
Pesquisa: Beatriz Moura, Clara Camargo e Douglas Silva
Roteiro: Beatriz Moura
Direção de arte: Beatriz Zupo e Zeca Bral
Edição e Motion: Felipe Inácio
Realização: Casa Natural Musical #CasaNaturaMusical​ #NosEncontramosNaMúsica​